Perguntas Frequentes – Senalba MG

SAIBA MAIS...

PERGUNTAS FREQUENTES

  • Quantos dias tenho que cumprir de aviso prévio?

    Quando o empregado opta por reduzir dias no cumprimento do aviso, devemos aplicar a proporcionalidade de 30 (trinta) dias de aviso para 7 (sete) dias de folga, tal como a lei já previa, resultando pois na seguinte tabela de redução:

    Dias de aviso-prévio

    Dias de folga

    30

    7

    33

    8

    36

    9

    39

    9

    42

    10

    45

    11

    48

    12

    51

    12

    54

    13

    57

    14

    60

    14

    63

    15

    66

    16

    69

    16

    72

    17

    75

    18

    78

    19

    81

    19

    84

    20

    87

    21

    90

    21

  • Posso fracionar minhas férias?

    Sobre as férias, dispõe o art. 134 da CLT, vejamos:

    “Art. 134 – As férias serão concedidas por ato do empregador, em um só período, nos 12 (doze) meses subseqüentes à data em que o empregado tiver adquirido o direito”.

    Desta forma, vê-se que a antecipação de férias, bem como seu fracionamento, não é permitida por Lei, à exceção das férias coletivas, conforme dispõe o art. 139, cominado com o art. 140 da CLT, a seguir:

    Art. 139 – Poderão ser concedidas férias coletivas a todos os empregados de uma empresa ou de determinados estabelecimentos ou setores da empresa. 

    § 1º – As férias poderão ser gozadas em 2 (dois) períodos anuais desde que nenhum deles seja inferior a 10 (dez) dias corridos. 

    (..)

    Art. 140 – Os empregados contratados há menos de 12 (doze) meses gozarão, na oportunidade, férias proporcionais, iniciando-se, então, novo período aquisitivo.

    Entretanto, se o empregador proceder ao adiantamento das férias, não poderá realizar qualquer tipo de desconto por ocasião de uma eventual rescisão contratual, bem como correrá o risco da desconsideração das férias e a exigência de sua concessão em época própria. Ademais, poderá ser multado administrativamente pelo Ministério do Trabalho e Emprego, conforme prevê o artigo 153 da CLT.

    Autorizando a Lei a antecipação apenas no caso de férias coletivas, cabe lembrar que os empregados com menos de 1 (um) ano de serviço, gozarão, na oportunidade, férias proporcionais, iniciando-se então, novo período aquisitivo.

    Em havendo antecipação das férias ao empregado que não possui período aquisitivo completo estas serão descaracterizadas e a empresa compelida ao pagamento novamente dessas férias por ser considerada uma licença remunerada.

    Diante do exposto e, visando a adequação por parte dos empregadores, o Sindicato informa que as férias concedidas a partir de 1º de dezembro de 2015 deverão atender à essas orientações, sendo certo que durante as homologações das rescisões, tal situação será averiguada.

    Finalmente, com o intuito de conferir durante as homologações, as férias concedidas, o empregador, além dos documentos já solicitados, deverá trazer também o Aviso e Recibo de Férias, bem como o Comunicado de Férias Coletivas, quando for o caso.

  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image